NOTÍCIAS
01/04/2014 10:33 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Vice-presidente da Câmara sobre doleiro preso: "Não sabia com quem estava me relacionando"

A Folha de S. Paulo desta segunda-feira (1º) informa que o vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), viajou em um avião emprestado por Alberto Youssef, doleiro alvo da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que desarticulou em março quadrilhas no País suspeitas de lavagem de dinheiro. Segundo a repórter Andréia Sadi, o deputado petista trocou mensagens no dia 2 de janeiro com Youssef, que conseguiu para o parlamentar um jato particular rumo a João Pessoa (PB). A intenção do 'voo amigo' foi evitar o gasto de Vargas com passagem de voo comercial.

O vice-presidente da Câmara admitiu à Folha que foi imprudente. Disse: "Eu não sabia com quem eu estava me relacionando. Não tenho nenhuma relação com os crimes que ele eventualmente cometeu". Detalhe: o deputado conhece Youssef há mais de duas décadas.

vargas

vargas

vargas

Mais um que não sabia...

A reportagem completa da Folha de S. Paulo trata de outras trocas de mensagens entre Vargas e Youssef.