NOTÍCIAS
27/03/2014 03:13 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:16 -02

Distante do governo, Palocci enriquece como consultor

ASSOCIATED PRESS
Brazil's Finance Minister Antonio Palocci deliveries a speech to enterprises in Sao Paulo, Brazil, on Friday, March 24, 2006. Opposition politicians are calling for him to be ousted, claiming Palocci can no longer be trusted to guide Latin America's largest economy. (AP Photo/Andre Penner)

O petista Antonio Palocci ficou rico. E não foi no seu período como ministro: após ter deixado o Ministério da Fazenda em 2006, o ex-ministro de Lula tornou-se um dos mais requisitados consultores do país.

Uma reportagem da revista Exame se dedicou a contar a vida (e o enriquecimento) do ex-ministro de Lula trabalhando como consultor para alguns dos mais influentes empresários do país.

O jornal Folha de S.Paulo mostrou que a empresa de Palocci comprara um apartamento de 6,6 milhões de reais em São Paulo — um sinal, segundo o jornal, de patrimônio incompatível com a renda. Palocci alegou que a compra era resultado de seus ganhos como consultor, e foi pressionado a divulgar seus clientes.

Como não fez isso, acabou deixando o cargo de ministro mais poderoso do governo Dilma Rousseff. Passados três anos, a constatação é inescapável — sair do governo para se dedicar à vida de consultor foi uma escolha extremamente lucrativa para Palocci.

Leia a história completa no site da Revista Exame.