NOTÍCIAS
21/03/2014 19:06 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

WWF-Brasil, Maurício de Sousa e Chico Bento juntos pela proteção das nascentes do Pantanal

Valentino Mello

Amante da natureza, o personagem mais simples e caipira de Mauricio de Sousa acaba de ganhar uma importante missão: ajudar a proteger os rios da bacia hidrográfica do Pantanal matogrossense. A iniciativa é uma parceria entre o WWF-Brasil e a Mauricio de Sousa Produções. Em um evento que aconteceu em São Paulo e contou com a presença do próprio Chico Bento foi lançada uma animação de 30 segundos para divulgar a campanha.

Fã dos gibis da Turma da Mônica, o coordenador do Programa de Águas Doces do WWF-Brasil, Glauco Kimura disse que Chico Bento sempre foi um ambientalista e nada mais natural do que ele se tornasse um embaixador desse movimento. “É uma parceria bonita, estamos muito contentes”, falou emocionado. O Pantanal do Mato Grosso é a maior planície inundável do planeta. Enquantos outras áreas similares já foram desmatadas no mundo, no Brasil este bioma ainda se encontra em boas condições, todavia suas nascentes estão ameaçadas. “Com isso há risco para a biodiversidade da região.

O Pantanal é um ambiente frágil e precisa de cuidados”, alertou Kimura. Ciça Wey de Brito, CEO do WWF-Brasil também acha que o personagem dos gibis é perfeito para defender os rios matogrossenses e mobilizar a sociedade brasileira para a conservação deste importante bioma. “Chico Bento tem uma linguagem simples e singela, sempre trouxe em suas histórias a defesa pelo meio ambiente”.

LEIA TAMBÉM

Entenda a Guerra da Água entre São Paulo e Rio de Janeiro

ONU: SP, RJ e MG terão maior guerra por água na América do Sul

São Paulo pode parar por falta de água

Torneira seca é a vingança dos ecochatos

Uísque de beber, água de lutar

O criador do simpático caipira e de tantos outros personagens inesquecíveis do imaginário infantil de milhares de crianças e adultos brasileiros está animado com a parceria com o WWF. “É uma das coisas mais importantes que fizemos até hoje”, disse Mauricio de Sousa. “Vamos aprender muito com o WWF e repassar este conhecimento, que permeará nossas histórias e filmes”.

LEIA TAMBÉM: Turma da Mônica ensina meteorologia para crianças

WWF pede ao Papa mensagem de proteção à Amazônia