NOTÍCIAS
14/03/2014 15:29 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

França e Bélgica liberam transporte público em combate à poluição

Jacques Brinon/AP

A poluição do ar que pintou o céu de Paris de amarelo escuro e que envolveu a Bélgica em smog (névoa) forçou motoristas a reduzirem a marcha e liberou a passagem do transporte público de milhões de pessoas nesta sexta-feira (14).

Há uma área de poluição que vai da costa atlântica da França até boa parte da Bélgica e um pedaço da Alemanha. A poluição dessa região atingiu o nível mais ato desde 2007.

belgica poluida

Camada de smog cobre a cidade de Bruxelas nesta sexta-feira (14).

Por isso, de hoje até domingo, o transporte público na região de Paris e outras duas cidades é gratuito. Em outras cidades dos dois países, a passagem grátis vale só para esta sexta. O aluguel de bicicletas também foi liberado.

Os limites de velocidade foram reduzidos na França e na Bélgica e os sinais eletrônicos das estradas francesas mostraram informações sobre o problema. O site que atualiza em tempo real as informações relacionadas à poluição em Paris pediu às pessoas que acompanhem os dados pelo Twitter e Facebook.

frança estrada

Sinal eletrônico alerta sobre poluição e limite reduzido de velocidade.

O problema é particularmente pior na França porque o país tem um número alto de veículos a diesel, que liberam óxido de nitrogênio, que se mistura com amônia de fertilizantes usados na primavera e formam partículas de nitrato de amônia. A queima de madeira e folhas mortas também contribui.

Praticamente toda a França está sob algum alerta de poluição, com níveis extremos na região de Paris, que superam os de algumas cidades conhecidas globalmente como poluídas, inclusive Pequim e Déli.

No começo da semana, um grupo ambiental fez uma reclamação denunciando a inércia do governo francês, dizendo que está colocando vidas em perigo.

"Não há dúvidas de que a poluição é um risco imediato à saúde. Algumas pessoas vão, infelizmente morrer", disse o coordenador de projetos da Agência Europeia de Meio Ambiente, Valentin Foltescu.