NOTÍCIAS
08/03/2014 11:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

Vietnã detecta óleo que pode ser de avião que desapareceu com 239 pessoas

SAMSUL SAID/REUTERS

Aviões de resgate vietnamitas avistaram grandes manchas de óleo e uma coluna de fumaça no mar, mas não ficou claro se elas têm relação com o desaparecimento de um Boeing da Malaysia Airlines, afirmou um representante do ministério dos Transportes, neste sábado (8). As informações são da Agência Reuters.

O avião, um Boeing 777-200ER, transportava 227 passageiros e 12 tripulantes e desapareceu na costa vietnamita na madrugada deste sábado. A aeronave fazia rota entre Kuala Lumpur e Pequim e acredita-se que tenha caído.

"Aviões de resgate do Vietnã viram duas manchas de óleo e uma coluna de fumaça em uma região a cerca de 250 quilômetros a oeste da ilha de Tho Chu, mas não podemos confirmar se elas são do avião da Malásia", disse Pham Quy Tieu, vice-ministro de Transportes, à Reuters, por telefone.

"Mandemos duas embarcações e alguns barcos militares para esclarecer o que aconteceu. Cada barco tem cerca de 20 pessoas. As manchas de óleo têm cerca de 15 quilômetros. Os barcos estarão lá em cerca de três a quatro horas."

Não houve relatos de mau tempo e nenhuma indicação sobre por que o avião da Malaysia Airlines desapareceu das telas de radares cerca de uma depois de ter decolado.

Um grande número de aviões e navios de vários países estão vasculhando a região onde o avião fez o último contato, situada à cerca da metade da distância entre a Malásia e a extremidade sul do Vietnã.

LEIA MAIS:

Passageiros de voo que desapareceu são de 14 nacionalidades