COMPORTAMENTO
02/03/2014 11:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

Carnaval São Paulo 2014

Orlando Oliveira / AgNews

Veja os melhores momentos dos dois dias de desfile das escolas de samba em São Paulo.

carnaval

Gaviões conta a história de vida de Ronaldo Fenômeno

A Gaviões da Fiel foi a segunda escola de samba a entrar no Anhembi na noite deste sábado. A agremiação fez neste ano uma homenagem ao craque do futebol mundial Ronaldo - que desfilou em carro alegórico.Com o samba-enredo intitulado "O Voo Real do Fenômeno", o carnavalesco Zilkson Reis relembra a história de vida do ex-atleta, desde a infância pobre em Bento Ribeiro, no Rio, passando por sua carreira brilhante como jogador no Brasil e na Europa, até suas atividades atuais como empresário. A escola fez uma dedicação especial à passagem de Ronaldo pelo Corinthians. "Estou muito feliz em ser homenageado por essa torcida maravilhosa, que amo tanto", diz o ex-jogador, em vídeo exibido no site da agremiação. A madrinha da bateria é Sabrina Sato.Com a homenagem a Ronaldo, a Gaviões repete a estratégia de vincular o samba-enredo a figuras bastante populares e próximas ao clube. Em 2012, o desfile "Verás que um filho fiel não foge à luta" relembrou a história do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, Lula fazia tratamento contra um câncer e não pôde participar do desfile.Confira o samba-enredo da Gaviões da Fiel:Sonhar é fantástico!

O menino então sonhou… Sonhou… Sonhou

Um ser alado, iluminado

Abençoado de amor

Fascinado pela bola

Também quis brincar o carnaval

Foi crescendo… E com talento genial

Viu do Rio de Janeiro

O "belo horizonte" aproximar

Um orgulho brasileiro

Pro velho mundo admirar

Bateu asas e voou (voou, voou)

O "menino passarinho" se transformou

Consagrado no cenário mundial

Ronaldo, fenomenal!

Mas, nos campos nem tudo são flores

Ferido, supera a dor

Levanta e vence a batalha

Com fé e esperança voltou

E assim abraçado à vitória

Com um "bando de loucos"

Constrói "uma história"

Hoje vale ouro a sua imagem

Reluz em tudo que conduz

Meu samba! Uma singela homenagem

Exprime a paixão de uma "nação"

Ao som da bateria ritimão

Vem cantar comigo este refrão

Quando a galera gritar: é gol!

A rede balança… É show!

Um voo real, da terra ao céu

"Mais um gavião pra fiel"

carnaval

Pérola Negra comemora apoio do público no Anhembi

A Pérola Negra, primeira escola a desfilar neste sábado no Anhembi, conseguiu levantar a torcida de outras agremiações e encerrou sua apresentação em 64 minutos, bem próximo do limite de 65 minutos. "Acho que conseguimos emocionar. Não temos torcida e conseguimos levantar até a torcida da Gaviões da Fiel", comemorou o presidente da Pérola Negra, Edilson Casal, em conversa com jornalistas.Casal contou que a primeira dupla de mestre-sala e porta-bandeira se atrasou para descer do hotel e, por isso, teve dificuldade para passar pela concentração, uma vez que a escola já estava montada. Sobre a perda de parte da fantasia do mestre-sala, Casal disse que, quando o integrante entrou na avenida, o figurino estava completo.Já Kátia Salles se emocionou ao falar da sua primeira vez no sambódromo como rainha de bateria da Pérola Negra. "Foi maravilhoso. Estou com meu coração a mil", disse.Outro destaque foi Rafaela Trigueiro, que mesmo grávida de oito meses desfilou como apoio da bateria. Este foi o 13º carnaval dela. Mesmo cansada, admitiu que não conseguiria ficar em casa vendo sua escola desfilar. Com o samba-enredo "Caminhos segui, lugar encontrei... Pérola Negra, a suprema felicidade!", a escola também comemorou "40 anos de samba".

carnaval

Atual bicampeã, Mocidade Alegre faz ode à força da fé

A Mocidade Alegre, atual campeã do carnaval em São Paulo, foi a terceira a desfilar na segunda noite do Anhembi e chegou cantando a fé. No ano passado, a escola conquistou o bicampeonato com o enredo "A sedução me fez provar, me entregar à tentação... da versão original, qual será o final?".Para dar vida ao enredo "Andar com fé eu vou... Que a fé não costuma falhar!", os carnavalescos Márcio Gonçalves e Sidnei França decidiram abrir a apresentação tocando no tema da fé como crença em algo que os olhos não veem. Na sequência, a Mocidade aborda as religiões, passa ainda pela fé no sobrenatural e na bruxaria e apresenta a crença nas previsões. Para fechar o desfile, o enredo se inspira na fé que move montanhas - fala sobre cura de doenças e superação de limites.A presidente da escola, fundada em 1967 e sediada no bairro do Limão, zona norte, é Solange Cruz Bichara Rezende. Seu marido, Marcos Rezende, conhecido como Mestre Sombra, é o vice-presidente da escola e também o diretor de bateria. Sob o comando de Solange, a Mocidade foi a vitoriosa no carnaval cinco vezes - em 2004, 2007, 2009, 2012 e 2013 - conquistou duas vezes a posição de vice-campeã, em 2008 e 2010, e ficou em terceiro lugar em 2005 e 2006.A rainha da bateria neste ano é novamente Aline Oliveira e a musa, Lanna Moraes. Emerson Ramires e Karina Zamparolli são o casal de mestre-sala e porta-bandeira e o intérprete do samba-enredo é Igor Sorriso. A Mocidade entra na avenida com 3,5 mil componentes, 25 alas e 5 alegorias. O ator e diretor teatral Cássio Scapin, famoso por protagonizar o personagem Nino, do Castelo Rá-Tim-Bum, participa do desfile.Confira o samba-enredo da Mocidade Alegre:Andar com fé eu vou... Que a fé não costuma falhar!Obrigado meu Deus

Pela fé que me guia

Em romaria, na procissão.

Acendo velas na caminhada

E fecho os olhos em devoção

Ó Pai… Conduz teus fieis a buscar

Na eternidade encontrar a salvação

Religiosamente acreditar

Não importa a luz que te faz caminhar

Tenha fé que a fé não costuma falharArruda pra benzer, ervas pra curar

Tem reza forte da Maria Benzedeira

Firma o batuque no meio desse terreiro

Na crença do mandingueiro

Figa de guiné, patuáSegue o cortejo pelas ruas da cidade

Tantas promessas, mercadores de ilusão

E tem videntes, cartomantes, ciganas

Destino na palma da mão

O amanhã, o futuro virá

Eu boto fé, tudo vai melhorar

Basta querer, acreditar, tá dentro de você

É o povo abraçado em comunhão

Agradecido, chega ao fim a procissão

Brilho nos olhos, alma lavada e paz no coração

De joelhos eu vou cantar

Tenho fé de verdade, vou além

Na Mocidade o samba diz amém

carnaval

Nenê de Vila Matilde trouxe enredo sobre paixões proibidas

A Nenê de Vila Matilde foi a quarta escola a entrar na avenida no segundo dia de desfiles na capital paulista. A escola, da zona leste da cidade, entrou no Sambódromo do Anhembi com o enredo "Paixões Proibidas e Outros Amores".Em 2012, com enredo sobre Xica da Silva, a escola deixou o Grupo de Acesso e retornou ao Grupo Especial. No ano passado, com enredo sobre a igualdade social, a escola fundada em 1949 por Seu Nenê se manteve no Grupo Especial, conquistando o oitavo lugar no campeonato. Neste ano, o desafio da Nenê é se firmar entre as escolas do grupo e avançar na colocação geral.O presidente da escola é Rinaldo José Andrade, o Mantega, e o carnavalesco é Paulo Alexandre, conhecido como Magoo. Tatiane Bernardo e Andre Guedes formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira e Deborah Caetano é a rainha da escola. (Beatriz Bulla - beatriz.bulla@estadao.com)Confira o samba-enredo da Nenê de Vila Matilde:Eu vou… Nessa viagem de amor!

No universo do prazer!

Com a minha águia deslumbrante na avenida…

Eu sou Nenê!

(vou contar…)

Histórias imortais… Do real à fantasia!

A paixão que emudeceu a lira de Orfeu

Tantos contos da mitologia!

Amores que fogem à razão… Sem discriminação!

A tentação de enlouquecer!

Romance… Encanto… Magia!

A sedução vence o poder!

Vem meu amor… Vou te beijar!

Nosso desejo está escrito no olhar!

O proibido… Acende a chama

Explode o peito de quem ama!

O tempo jamais apagou

Lembranças… Mil casos de amor!

Passagens da linda marquesa e do imperador!

Na arte paixões se revelam

Imagens… Canções… Personagens na tela!

Lendas e folclore popular

Um… "Causo" apimentado eu vou contar!

Vila… Da minha vida!

Orgulho da comunidade!

Meu coração apaixonado pra valer

Bate forte por você!

Tem confete e serpentina… No meu Carnaval!

Pierrot e Colombina num sonho real!

No manto azul e branco… Um final feliz…

É tudo que eu sempre quis!

car

Águia de Ouro fez homenagem a Dorival Caymmi

A Águia de Ouro fez no Sambódromo do Anhembi, na madrugada deste domingo, uma homenagem ao povo baiano ao contar a história do violonista, pintor e ator Dorival Caymmi - que em abril receberá celebrações pelo centenário de nascimento. A veneração ao artista se destacou na forma de uma escultura de 14 metros que a escola vai apresentar no desfile e nos versos cantados pelo intérprete Serginho do Porto.A escola do bairro Pompeia, zona oeste da capital paulista, busca manter em 2014 o nível do desfile apresentado no ano passado, quando só não se sagrou campeã por conta de penalidade aplicada em razão do estouro do tempo de apresentação no sambódromo. Em 2013, a Águia de Ouro perdeu 1,1 ponto e mesmo assim terminou na terceira colocação, a 0,2 ponto da primeira e segunda colocadas, Mocidade Alegre e Rosas de Ouro, respectivamente. A Águia de Ouro desfila com 3 mil integrantes. A rainha de bateria é Milena Nogueira, mulher do sambista Diogo Nogueira. Com 38 anos de história, a escola já foi duas vezes campeã do carnaval paulistano, em 1998 e em 2009.Confira o samba-enredo da Águia de Ouro:Odoyá, a benção Yemanjá

a jangada vai sair pro mar

e navegar nesse oceano de amor

lindo pôr do sol, cenário de magia

brilha o horizonte na velha Bahia

tem Batucajé, no Abaeté, mistérios no ar

oh luar clareia, é lua cheia, deixa clarear

das lágrimas da índia

uma lagoa se formou, na praia de Itapuã

Na lavagem do Bomfim, bate o tambor

na saia da baiana tem axé

tem mironga no congá

Ora Yeyeo, mãe menininha do Gantois

e sobre a

car

Império de Casa Verde fez defesa da sustentabilidade

A Império de Casa Verde adotou o discurso da sustentabilidade no carnaval deste ano e fez um desfile no Sambódromo de São Paulo com cara de manifesto em defesa da harmonia entre o homem e a natureza. A escola da zona norte cantou o samba-enredo "Sustentabilidade, construindo um mundo novo" para convencer o público que já passou da hora da humanidade rejeitar o modelo de desenvolvimento que tem a destruição do meio ambiente como consequência. A escola foi a penúltima a entrar no Sambódromo na noite de sábado, com horário marcado para 4 horas. Entre as personalidades do desfile o público pode esperar Mestre Zinho, um dos mais renomados líderes de bateria do carnaval paulistano, e a atriz e modelo Valeska Reis como Rainha de Bateria. No carnaval do ano passado a Império de Casa Verde entrou para o desfile das campeãs ao alcançar o quinto lugar.Em 2014 a Império de Casa Verde completa 20 anos de fundação. A escola nasceu da vontade de moradores e comerciantes do bairro de Casa Verde, na zona norte da capital paulistana. Chegou ao Grupo Especial do Carnaval de São Paulo pela primeira vez em 2003 e desde então nunca mais saiu. Os melhores resultados ocorreram nos carnavais de 2005 e 2006, quando a escola se sagrou bicampeã.Confira o samba-enredo da Império de Casa Verde:A Casa Verde estremece de tanta emoção

lá vem o tigre guerreiro do meu coração

eu sou Império, sou a voz de uma nação

o meu cantar vai ecoarOuça o grito de alerta

em poesia a caçula manifesta

sustentabilidade, a hora é essa!

Uma explosão na imensidão

nos elementos o poder da criação

gira o tempo, não para

marcas da revolução, o homem colhe a degradação

quero lavar minha alma

na fonte que rio deságua, água limpa pra viverVem cá! Plantar a semente do amor

e preservar a nossa terra

abençoada pelo CriadorDo jeito que a coisa vai

ninguém aguenta mais

a natureza chora sufocada

vamos dar um fim, adeus poluição

quero ar puro para o meu pulmão

vai brilhar o sol que aquece o coração

a energia da nossa emoçãoÉ o fogo da paixão

o samba é meu manto maior

de azul e branco, eu vou

construindo um mundo melhor!

car

Acadêmicos do Tatuapé canta influência de São Jorge

A Acadêmicos do Tatuapé contou a história de São Jorge no desfile deste ano das escolas de samba de São Paulo para buscar um resultado melhor que o do carnaval do ano passado, quando escapou do rebaixamento por apenas um décimo de ponto. A narrativa começou nos primeiros feitos do soldado turco perseguido pelos romanos por conta de sua fé cristã, passa pela veneração como santo na Idade Média e mostra como a devoção em São Jorge influenciou a música, a literatura e todo o tipo de manifestação cultural no Brasil. A escola da zona leste será a última a desfilar no Grupo Especial do carnaval paulistano, com hora marcada para as 05h10. Para a apresentação do samba-enredo "Poder, fé e devoção, São Jorge guerreiro" o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé vai levar para a avenida 3 mil pessoas e 5 carros alegóricos. Entre as celebridades estão a modelo e apresentadora Gil Jung como rainha de bateria e a sambista e deputada estadual pelo PCdoB Leci Brandão. A escola dividiu o desfile deste ano em cinco setores. O primeiro contará a vida de soldado de Jorge da Capadócia até a sua morte, em 23 de abril de 303 depois de Cristo. O segundo e o terceiro setores mostrarão a devoção ao guerreiro e o sincronismo que a figura cristã de São Jorge obteve com outras religiões, em especial às manifestações afro-brasileiras, que levaram à popularização do santo no País. O restante do desfile vai se dedicar à influência de São Jorge na cultura e na arte brasileiras e a devoção de parte da população ao santo. São Jorge está presente em músicas populares, pinturas, filmes, folclore. É padroeiro de tradicionais escolas de samba de São Paulo e do Rio de Janeiro e de times de futebol. Confira o samba-enredo da Acadêmicos do Tatuapé:Surgia um menino

valente guerreiro com seu ideal

nasceu pra lutar contra o mal

é Jorge lá da Capadócia

com seu cavalo e sua lança

espalhou a fé e a esperança

em sua lenda, salvou nossa gente

venceu o dragão...Cruzou continentes

na caravela a sua imagem

chegou de Portugal

fiel padroeiro

na terra do carnavalOgum iê,... iê meu pai

é proteção,... é muito axé

filho teu não caiÉ arte em cena

canções, poemas

carrego na pele tua tatuagem

no meu coração força e coragem

tu és cavaleiro de tantas batalhas

São Jorge guerreiro você nunca falha

e lá vou eu em devoção

no meio dessa procissãoEu amanheço nos braços da fé

vim do clarão da lua, sou Tatuapé

canto forte em oração

meus inimigos não me alcançarão.

car

Resumão do primeiro dia dos desfiles.

Leandro de Itaquera traz Copa para abrir carnaval de SP

São Paulo, 28/02/2014 - "Ginga Brasil, futebol é raça. Em 2014 a Copa do Mundo começa aqui!" foi o enredo da Leandro de Itaquera para levantar o Anhembi neste ano. A escola, vice-campeã do Grupo de Acesso em 2013 e que volta ao Grupo Especial do carnaval de São Paulo, abriu o primeiro dia de desfiles e antecipa a Copa do Mundo no Brasil ao mostrar a paixão dos brasileiros por futebol.

O samba-enredo destacou o talento e as conquistas do País no esporte, pentacampeão mundial, e faz menção a grandes nomes como Charles Miller e o rei Pelé. Com autorização da Federação Internacional de Futebol (Fifa), a Leandro de Itaquera utilizará a marca "Copa do Mundo" e promete ser o grande começo do mundial no Brasil. Serão 3,4 mil componentes, divididos em 25 alas e cinco alegorias. A rainha de bateria é Viviane Brilho, que estreia no Grupo Especial.

O carro abre-alas é o maior do desfile da Leandro, com 21 metros de comprimento e 11 metros de altura, e traz um campo de futebol com pessoas praticando o esporte. Com as cores vermelho e branco, a escola de samba da zona leste de São Paulo retorna ao grupo especial de São Paulo após homenagear o negro no ano passado com o enredo "O leão guerreiro mostra sua força! É a garra e a bravura do negro, no quilombo Leandro de Itaquera".

Confira o samba-enredo da Leandro de Itaquera:

Vai na Ginga Brasil, joga com o coração

Mostra para o mundo seu talento natural

Um dom abençoado pelos deuses

Revela um toque genial

Fruto de um país miscigenado

Puro sentimento que não tem explicação

Levo a alegria, por onde eu passo

Guerreiro, ousado, malandro de fato

No sol ou na chuva, no campo ou na rua...é emoção!

Desde criança, fiz da bola um brinquedo, uma grande paixão!

Solta o grito da garganta... olé

Pra frente Brasil, com a bola no pé

E a galera se agita, na palma da mão

Ao som da batucada do leão

Num toque de classe aqui chegou

Charles Miller o esporte consagrou

Tocou para o povo, driblou a nobreza

A felicidade venceu tristeza

E dos Heróis se fez Pelé, a realeza!

Brasil, Penta Campeão

Futebol é emoção, hoje a Copa é aqui!

Chegou a Escola da massa, da gente que canta com raça

Que luta por nosso país!

Na Zona Leste, Vermelho e Branco é raiz!

Itaquera vai tremer... eu quero ver

O povo delirar, se arrepiar

O show começa assim, com muito samba no pé

Sou brasileiro, sou Leandro e tenho fé

carnaval

Termina desfile da Rosas de Ouro

A Rosas de Ouro foi a segunda a se apresentar no Sambódromo de São Paulo, com seu enredo "Inesquecível". A chuva parou de cair no instante em que o locutor do Sambódromo anunciou o início do desfile da Rosas de Ouro, uma das escolas sempre favoritas ao título. Uma salva de fogos precedeu o cavaquinho que aqueceu a bateria. A equipe da Rosas de Ouro distribuiu bandeiras da escola para o público, o que agitou a arquibancada e o camarote. A Rosas, que foi vice-campeã do Carnaval de São Paulo nos últimos dois anos, levou 58 minutos para percorrer a avenida do samba nesta noite.

carnaval

X-9 Paulistana apresenta loucura em desfile no Anhembi

Com o samba-enredo "Insano", a X-9 Paulistana levou a loucura para o Anhembi em 2014. Terceira escola de samba a desfilar no Grupo Especial de São Paulo na sexta-feira, a agremiação lembrou na avenida grandes personalidades da história apontadas como loucas, casos de Raul Seixas e Albert Einstein. São 3,2 mil pessoas defendendo os loucos e incompreendidos em um total de 32 alas, cinco alegorias e cinco setores.A escola da zona Norte quer levar uma olhar diferente do tema loucura. Dividido em cinco delírios, o enredo convida as pessoas para um "planeta insano". A comissão de frente é um dos destaques ao representar uma sinapse, processo de associação de neurônios. A dançarina Gracyanne Barbosa é a nova rainha da bateria da X-9 Paulistana.Em 2013, a escola conquistou a oitava colocação do carnaval paulistano ao mostrar que São Paulo é a terra de todos com o enredo "Se Pra Ter Diversidade Basta Viver em Harmonia. Sorria! Pois São Paulo Hoje é Só Alegria". A X-9 Paulistana, fundada em 1975, foi campeã do carnaval do Grupo Especial duas vezes, sendo a última em 2000. Neste ano, promete levar muitas loucuras ao Carnaval de São Paulo.Confira o samba-enredo da X-9 Paulistana:Lá vem zona Norte aí

É o Juqueri tomando conta da cidade

Meu paraíso é diferente

Louco e irreverente

"Franco" palco da insanidade

Na mente, o conflito é geral

Inconsequente delírio real

Graças a Deus

A fé não fez queimar a liberdade

Dos grandes gênios da humanidade

Que a história imortalizouTaca fogo na censura… Loucura!

A Maria vai sambar com a realeza

A corte "despirocada" ficou de ponta cabeça

Imperador enlouquecendo a nobrezaSerá…

Que o personagem na ilusão do escritor

Se assemelha à visão de um pintor?

O livro se abre

A arte revela um sonhador

Em sinfonias imortais

Eu vou ficar com certeza

Maluco gerando gentileza

Aplausos para os grandes mestres da folia

Insanos operários da alegria

A delirar nesta festa popularMaluco, pirado, doido por você

Hoje a X-9 vai enlouquecer

Alucinado fora do normal

Louco pra ganhar o Carnaval

carnavel

Dragões da Real aposta em anos 80 no Anhembi

Um enredo retrô. Esta foi a aposta da Dragões da Real, a mais jovem escola do carnaval de São Paulo. "Um museu de grandes novidades" é um enredo de temática oitentista que promete causar saudades mostrando músicas, brinquedos e filmes do passado.Quem assistiu ao desfile da Dragões da Real se deparou com a personagem Moranguinho, o brinquedo Genius e com vários outros temas que fizeram sucesso no passado. O desfile trará ainda filmes, novelas e séries, como os Trapalhões.A ideia nasceu no desfile do ano passado, quando um carro sobre o desenho animado 'Caverna do Dragão' foi destaque da escola. O sucesso do carro foi tanto que a Dragões resolveu fazer um enredo inteiro sobre o tema.O desfile vai ter como base cinco pontos: Invenções, música, brinquedos, televisão e cinema. A partir daí, os 3,2 mil integrantes da Dragões da Real prometem causar saudade nos espectadores. A Dragões é a quarta escola a entrar no sambódromo nesta noite.Conheça o samba-enredo da Dragões da Real:Vem conhecer o meu tempo

Rever os momentos de felicidade

Saudade batendo no peito

Trazendo a recordação;

Marcas, lembranças, inventos,

Orgulho dessa geração!

Cantei, dancei,

A pista ganhou vida a noite inteira,

No velho som gravei nossa canção,

Do "astro", "um passo" pra consagraçãoAlô criançada, lá vem diversão!

Juntando alegria, se faz coleção!

Aplausos ao palhaço e à rainha,

"Eu também quero viajar nesse balão!"Grandes filmes e novelas

Cheguei ao cinema, pipoca na mão.

Quem será aquela

Que roubou a cena e o meu coração?

A magia nas cores da tela, um sorriso revela

Personagens trapalhões!

E o samba a cada dia se estruturava

A evolução acompanhava

Mantendo suas tradições!Lá vem a dragões tão bela!

Na passarela hoje "vai passar"

Sacode, balança, levanta a galera!

É mais "um samba popular"!

carnaval

Ronaldo é assediado, mas se irrita com jornalista

O ex-jogador de futebol Ronaldo chegou ao camarote Brahma no meio do desfile da Rosas de Ouro e foi o mais assediado da primeira noite de desfiles em São Paulo. Em conversa rápida com repórteres, afirmou que vai se segurar pra não chorar amanhã, quando será homenageado pela Gaviões da Fiel. Mas o ex-jogador se irritou quando os jornalistas insistiram em fazer perguntas, após ele ter dito que só falaria quando a situação acalmasse. "Você não fala português?", perguntou a um repórter.Enquanto isso, a namorada do Fenômeno, Paula Morais, contava a jornalistas que está planejando uma festa de casamento de três dias e que pretende ter dois filhos com o craque.Outra celebridade presente no camarote Brahma é o ator Marcelo Serrado. Ele revelou que vai fazer uma verdadeira maratona neste carnaval. "Hoje estou aqui, amanhã vou para o galo da madrugada e domingo desfilo na Mangueira", disse.O ator também garantiu que admira a beleza das passistas que desfilam na avenida. "Gosto de todo tipo de beleza. Como dizia o Vinícius [de Moraes], beleza é fundamental", parafraseou.

Rei Momo diz que São Paulo tem um 'carnaval aquático'

Choveu tanto, mas tanto no sambódromo do Anhembi, que até o experiente folião Marco Antônio Rodrigues de Sales, o Marcão, rei momo pela sexta vez, ficou surpreso. "Nunca vi tanta chuva em um carnaval. Esse é um carnaval aquático", brincou, enquanto gotinhas de água escorregavam pela sua careca.O aguaceiro atrapalha o desfile, mas não o suficiente para acabar com a alegria, avaliou o expert na festa. "A fantasia fica mais pesada e o pessoal acaba tendo medo de escorregar enquanto samba. Mas a chuva não é suficiente para acabar com a energia da escola que trabalhou o ano inteiro para isso", afirmou o rei momo, que pesa 168 quilos.A chuva começou logo no desfile da primeira escola, a Leandro de Itaquera. O volume de água foi tão grande que chegou a alargar um trecho da avenida Olavo Fontoura, ao lado do sambódromo na zona norte da cidade. Após um trégua durante o desfile da Rosas de Ouro, a chuva voltou durante a apresentação da terceira escola, a X9 Paulistana, e persistia ao longo da passagem da Dragões da Real.

Tucuruvi desfilou viagem pela imaginação infantil

São Paulo, 01/03/2014 - A história de um menino que sonha em se tornar carnavalesco. Com o enredo "Uma fantástica viagem pela imaginação infantil", a Acadêmicos do Tucuruvi explorou o universo infantil com os aspectos lúdicos, os sonhos e os medos das crianças.Este foi o quinto ano do carnavalesco Wagner Santos à frente da escola. Ele não quis deixar de lado a crítica social e vai tratar de temas delicados como obesidade infantil e pedofilia. O objetivo é fazer uma critica social bem humorada, mostrando a educação como caminho para se ter crianças mais alegres na sociedade.A escola é a quinta a entrar na avenida na primeira noite de desfiles, vai levar 2,8 mil componentes e cinco carros ao Anhembi: o abre-alas vai retratar o mundo da imaginação, com parques de diversões, fadas e duendes. Os outros vão mostrar o mundo real, o mundo virtual, o mundo dos medos e o mundo do saber.O presidente da escola, fundada em 1976 e sediada na zona Norte, é Hussein Abdo El Selam, conhecido como Sr. Jamil. Sob o comando dele, a Acadêmicos do Tucuruvi foi vice-campeã três vezes (1992, 1997 e 2011).Confira o samba-enredo da Acadêmicos do Tucuruvi:Pega-Pega, Esconde-Esconde

Vamos Todos Cirandar

Pro Bicho-Papão, Não Tô Nem Aí

É Festa, Sou Tucuruvi!Eu Sonhei...

Embarquei Nessa Viagem

Vista a Fantasia, Caia na Folia

Pra Ser Feliz Não Tem Idade

no Castelo Encantado

Duendes e Fadas Num Doce Bailar

Contos e Canções,

Tantos Corações a Embalar e Sonhar

Será Magia ou Ilusão?

no Reino da ImaginaçãoQuem É o Dono da Rua? Sei Lá!

Eu Só Quero Curtir, Compartilhar

Empino Pipa, Solto Pião

e Tenho o Mundo na Palma da Minha MãoVou Cair na Tentação, Me Entregar

Num Céu de Brigadeiro Alcançar

As Doces Nuvens de Algodão

Vou Enfrentar

a Cada Traço Que Eu Desenhar

Super-Heróis Virão Me Defender

e Os Vilões Não Irei Mais TemerEducação É Ir Além!

Vou Embarcar, Chegou o Trem

Um Novo Dia Virá... Espelho Eu sereis

carnaval

Primeira dama de SP sai pela Acadêmicos do Tucuruvi

A primeira dama da cidade de São Paulo, Ana Estela Haddad, desfilou pela Acadêmicos do Tucuruvi. Ana Estela topou participar do desfile ao ser convidada pela escola, pois "se encantou com o tema", que fala sobre imaginário infantil e problemas infantis.Ana Estela vestiu uma camisa vermelha e calça branca. Ela desfilou no chão, ao lado do presidente da escola, conhecido como Seu Jamil.Ao anunciar a presença de Ana Estela, o intérprete da escola se equivocou e disse que quem participaria era a primeira dama "do Estado de São Paulo".

Vai-Vai leva 50 anos de Paulínia para a avenida

"É a escola do povo!" É este o grito que anima, pelo menos duas vezes por semana, os ensaios da Vai-Vai, maior campeã do carnaval de São Paulo. Com 14 títulos, a escola do Bexiga levou para o sambódromo um enredo sobre a cidade paulista de Paulínia, sua história e seu cinema. "A escola tem um chão muito forte. A comunidade transforma o desfile em uma vitória, isso me dá segurança", conta o carnavalesco Chico Spinoza.A história contada no samba sobre os 50 anos de Paulínia começa bem antes da emancipação, quando a região ainda era habitada por escravos, no século XIX. A letra do samba, composta por Fagner Almeida, Mineiro, Loirinho, Marcinho Z.Sul e Edinho Gomes, fala ainda da vocação cultural da cidade, famosa por ser um polo de produção cinematográfica. "Na tela um filme revela quem está em cartaz. É a magia do cinema nacional. Paulínia... é ela! A estrela do meu carnaval", diz a letra.A preparação do carnaval por Spinoza durou cerca de oito meses, tempo considerado curto por ele. Apesar disso, ele garante que o processo ocorreu sem atropelos. O carnavalesco Chico esteve em Paulínia pelo menos dez vezes durante a preparação do desfile. "Para poder carnavalizar, eu tive que viver", conta.A Vai-Vai é a sexta escola a entrar na avenida na sexta-feira, dia 28, primeiro dia de desfiles. Ao todo serão 3,2 mil componentes nas 31 alas e 5 alegorias da escola.Confira o samba-enredo da Vai-Vai:Sou preto e branco, meu manto tem tradição

Vem... a festa vai começar

Vai-Vai é a chama do samba

Que jamais se apagaráResplandeceu...

Um novo dia com a quebra das correntes

Finda a exploração da cor

O negro cantou feliz

Mais uma bandeira se erguia

Na proclamação, democracia

Nos trilhos o progresso desse chão

Brotou na força da imigração

E assim nasceu no berço dessa pátria mãe gentil

Uma cidade de encantos mil

O povo pôde festejar... festejar!

Gigante polo industrial

Ao meu Brasil é fundamental

Na união, a miscigenaçãoUm brilho de luz clareia...

Reluz nessa "feliz-cidade"

O esporte é vida, saúde e paixão

É emoção...Em cena a essência da arte

"Liberdade" na imaginação

Desperta o amor à cultura

Embala os sonhos de um novo amanhã

Na tela um filme revela quem está em cartaz

É a magia do cinema nacional

Paulínia... é ela!

A estrela do meu carnaval

carnaval

Tom Maior fez homenagem a Foz do Iguaçu

A Tom Maior foi a última das sete escolas a se apresentar no primeiro dia de desfiles do grupo especial do carnaval de São Paulo, na madrugada deste sábado, dia 1º. A escola fez uma homenagem ao centenário da cidade de Foz do Iguaçu (PR) com o samba-enredo "Destino do Mundo - Sinfonia das Águas em Tom Maior". O carnavalesco Mauro Quintaes iluminou a avenida com carros alegóricos e fantasias remontando à natureza de Foz, especialmente suas quedas d'água e corredeiras que atraem milhões de turistas para a cidade na divisa entre Brasil e Argentina.Entre os destaques da Tom Maior está a beleza da madrinha da bateria, Tânia Oliveira, ex-panicat e capa da Playboy. "Na minha opinião, não basta ser musa, madrinha, rainha, tem que participar", afirmou a modelo, em depoimento no site da agremiação. A Tom Maior também busca neste ano um desfile mais glamouroso do que o do ano passado, quando não perdeu sua vaga no grupo especial por apenas 0,1 ponto. No ranking do carnaval de 2013, a escola somou 267,7 pontos, enquanto as duas últimas colocadas foram Mancha Verde, com 267,6 pontos, e Vila Maria, com 267,5 pontos, ambas rebaixadas para o grupo de acesso. Confira o samba-enredo da Tom Maior:Clareou…

Uma alvorada de magia

Desperta amor… Ao som da nossa sinfonia

Vamos viajar por entre as matas

Lendas, corredeiras e cascatas

Onde a bela índia se apaixonou

Revelando a fúria da serpente

A maldade fez presente

E quando o encanto se quebrou

Um paraíso enfim surgiu

Descortinado pelo explorador

A maravilha do BrasilNa dança das águas e vou me banhar

Lavar a alma na cachoeira

Ora yê yêo oxum proteja o meu pavilhão

E as águas da nossa naçãoOlha o muambeiro trazendo de lá

No jeitinho brasileiro pro lado de cá

Na "amizade" dá prá negociar

É jogo de sorte ou azar

Gira a roleta… Deixa girar

No cassino aposto a minha emoção

Levando a energia de Itaipu

100 anos de Foz do Iguaçu

Patrimônio natural

És o parque nacional

Cenário perfeito do meu CarnavalEscute a voz do coração

Que nasce dentro do meu peito

Vou mergulhar na "foz" da emoção

Sou Tom Maior e não tem jeito