NOTÍCIAS
22/02/2014 09:17 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Presidenta Lula, Azeredo do bem, passe para Barbosa e memes políticos da semana

A política à brasileira tem disputa eleitoral muito antes do início da campanha. Os principais destaques desta semana envolvem o xadrez presidencial... Tem uma ministra de Estado exaltando a presidenta Lula, ops, Dilma Rousseff. Tem Aécio Neves exaltando mensaleiro tucano. E tem deputado bom de bola – e de briga – exaltando um elemento surpresa nas eleições.

Passeie pelos memes políticos dos últimos sete dias:


Dilma tipo Lula

Explicar um corte de R$ 44 bi do orçamento parece tarefa árdua.

E eram tantos números, tantos bilhões, que a ministra do Planejamento se confundiu.

Miriam Belchior chamou Dilma de "a presidente Lula".

Ah, Miriam, que sinceridade!

QUEM NUNCA achou que Dilma fosse Lula?


Imagens: Estadão Conteúdo/Instituto Lula


Nos bastidores da Esplanada e do Congresso, sabe-se que foi um ato falho.

Ministros, secretários e deputados petistas sentem falta da habilidade política do ex-presidente.

E secretamente – ou em entrevistas coletivas – torcem para que o candidato à Presidência pelo PT, em outubro, seja Lula e não Dilma...


volta lula


Azeredo: homem de bem

E a situação azeredou nesta semana na cúpula tucana.

A renúncia de Eduardo Azeredo ao mandato de deputado foi interpretada como manobra eleitoral.

A ação contra ele, no processo do mensalão tucano, pode sair do STF e ir para a 1ª instância.

Sem foro privilegiado, Justiça dos meros mortais, sabe?!

Aquela que tarda tanto que pode ficar para depois das eleições...


aécio neves


Se não houver condenação neste ano, o PSDB sai ganhando.

Mas Aécio Neves ficou constrangido ao ser questionado sobre o efeito Azeredo.

"É um homem de bem", reafirmou o presidenciável sobre o mensaleiro do seu partido.

O Ministério Público Federal pediu apenas 22 anos de cadeia para esse homem de bem... *_*

Incógnita Barbosa

Sua Excelência Joaquim Barbosa não é apenas chefe do Poder Judiciário.

Além de presidente do Supremo, ele é potencial candidato à Presidência e, mais recentemente, possível concorrente ao Senado pelo PSB.

Tamanha badalação política acompanha o que seriam seus derradeiros passos no STF.

"Isso é conversa", esquiva-se.

Mas a torcida por sua candidatura ganhou adesão de artilharia nesta semana.


Romário, astro do PSB na Câmara, avisou que cede a vez a Barbosa na corrida por uma vaga ao Senado pelo Rio.

Será que, depois do passe do baixinho, Barbosa vai marcar?