NOTÍCIAS
21/02/2014 08:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Presidente da Ucrânia aceita reduzir poderes e anuncia eleições antecipadas

ASSOCIATED PRESS
Anti-government protesters man a barricade in central Kiev, Ukraine, Thursday, Feb. 20, 2014. A brief truce in Ukraine's embattled capital failed Thursday, spiraling into fierce clashes between police and anti-government protesters. (AP Photo/Darko Bandic)

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich anunciou nesta sexta-feira um acordo para realizar eleições presidenciais antecipadas, formar um governo de unidade nacional e fazer mudanças constitucionais que reduzam seus poderes.

Ele fez o anúncio em comunicado depois de negociações que duraram toda a noite com a oposição e três ministros da União Europeia para resolver a crise na qual já morreram 77 pessoas em dois dias de confrontos entre manifestantes e a polícia.

Ainda não há informações sobre o acordo. Na quarta-feira (19), Yanukovich também afirmou que havia alcançado um acordo com a oposição, porém, o dia seguinte ao "entendimento" foi o mais sangrento desde o começo dos protestos, com 100 mortes.