COMPORTAMENTO
14/02/2014 08:00 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Cientistas demonstram que a beleza realmente está nos olhos de quem vê

Jamie Kingham via Getty Images

A beleza realmente está nos olhos de quem vê: um novo estudo aponta que as pessoas consideram seus parceiros mais atraentes do que realmente seriam aos olhos de estranhos. Essa 'ilusão positiva' ajuda a manter a estabilidade do relacionamento afetivo, de acordo com o estudo da Universidade de Groningen (Holanda). Estudos anteriores sugeriam que as pessoas avaliavam os parceiros positivamente em relação ao comportamento. É a primeira vez que um estudo mostra que esse 'otimismo' em relação ao parceiro também se estende à aparência.

Os pesquisadores estudaram 70 casais heterossexuais com idades variando entre 18 e 37 anos. A duração dos relacionamentos tinha uma média de dois a três anos. Todos os voluntários foram fotografados e metade dos casais respondeu um questionário sobre a própria aparência e a do parceiro. Depois, esse mesmo grupo avaliou as próprias fotos e de seus respectivos parceiros tiradas no início da seção. A outra metade de casais passou pelo mesmo processo, com a diferença de terem olhado para as fotografias antes de responder o questionário.

Em seguida, os casais tinham que avaliar as fotos de todos os participantes do estudo. Os resultados mostraram que tanto os homens quanto as mulheres davam uma nota muito maior para si e para os parceiros, do que as outras pessoas do estudo.

Agora os cientistas querem estudar pessoas mais velhas e relacionamentos mais longos para entender a 'ilusão positiva' através do tempo. Na avaliação dos pesquisadores, as pessoas que têm uma impressão melhor de si e seus parceiros são mais felizes em seus relacionamentos, brigam menos e relatam sentir mais amor e confiança.