NOTÍCIAS
04/02/2014 12:09 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

'O futuro presidente', diz Marina Silva a Eduardo Campos

ED FERREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

A ex-senadora Marina Silva se referiu a Eduardo Campos como "futuro presidente" ao iniciar sua participação no lançamento do plano de governo de PSB-Rede. Ela deixou explícito o entendimento dos dois partidos pela composição da chapa presidencial com o governador de Pernambuco como cabeça e com ela como vice. Conforme o Brasil Post adiantou nesta terça-feira (4), Campos e Marina resolveram as diferenças para o anúncio das diretrizes de gestão da dobradinha.

"Se Eduardo ganhar [a Presidência], ele terá que se reportar a um, somente a um: o povo brasileiro", bradou Marina, sendo ovacionada pelas centenas de militantes dos dois partidos que lotaram o auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados. Além de políticos do PSB e Rede, parlamentares do PDT, PPS e PROS também marcaram presença no evento. O PPS passa a integrar oficialmente a aliança das legendas nesta terça.

"A política está insustentável da forma como está sendo operada hoje", disse Marina, referindo-se ao governo do PT, no poder há 11 anos. "Precisamos ampliar as conquistas, mantendo-as, mas sem atitude de complacência com os erros que vêm sendo praticados repetidamente", afirmou.

De acordo com a Agência Estado, a plateia também defendeu a candidatura de Campos à campanha presidencial. As palavras de ordem foram: "Brasil para frente, Eduardo presidente".

Marina enalteceu as diferenças do dueto PSB-Rede em relação a outras legendas, como PT e PSDB. "Nossa aliança não é baseada em marketing, mas sobretudo em um programa, em ideias".