NOTÍCIAS
04/02/2014 21:53 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Metrô registra "vandalismo" e continua sem circulação na linha vermelha

Keiny Andrade/STR via Getty Images
SAO PAULO, BRAZIL - JUNE 15: Brazilian supporters crowd the Se subway station as thousands hurry to watch the National soccer team's opening match at the 2010 FIFA World Cup South Africa against North Korea on June 15, 2010 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Keiny Andrade/LatinContent/Getty Images)

Em comunicado oficial, o Metrô de São Paulo responsabilizou os usuários pelo caos que tomou conta da linha 3-vermelha na noite desta terça-feira (04). Até o fechamento desta matéria, não há circulação entre as estações Palmeiras-Barra funda e Sé.

Segundo a assessoria de imprensa, uma falha em um trem da linha já havia sido sanada quando os usuários acionaram botões de emergência de sete trens que vinham atrás.

Foram registrados atos de "vandalismo", segundo o Metrô e há relatos de pessoas feridas. De acordo com o comunicado, "alguns usuários permanecem nas passarelas de emergência motivo pelo qual ainda não foi possível restabelecer a circulação entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Sé".

Leia o comunicado na íntegra:

Metrô informa: Às 18h19 desta terça-feira (4/2), um trem apresentou falha de portas na estação Sé, da Linha 3-Vermelha (Palmeiras/Barra Funda-Corinthians/Itaquera). Apesar de a ocorrência operacional ter sido sanada às 18h27, usuários acionaram botões de emergência de sete trens que vinham atrás, em sequência, e desceram às passarelas de emergência, causando a interrupção da operação no trecho entre Palmeiras-Barra Funda e Sé. Na estação Sé, foram registrados atos de vandalismo às composições e agressão aos empregados do Metrô. A Polícia Militar foi acionada e as estações deste trecho tiveram de ser fechadas por questões de segurança. Alguns usuários permanecem nas passarelas de emergência, motivo pelo qual ainda não foi possível restabelecer a circulação entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Sé. Trens operam entre Tatuapé e Corinthians-Itaquera. O Metrô está atuando para restabelecer a operação o mais breve possível.