NOTÍCIAS
04/02/2014 19:25 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Bolsonaro: "Direitos humanos é para seres humanos" (VÍDEO)

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) quer ser o sucessor do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Sua missão? “Dar continuidade ao trabalho do pastor”, segundo o próprio Bolsonaro em vídeo publicado nesta terça (04) no YouTube.

Bolsonaro afirma que a primeira coisa que ele faria como presidente da CDHM seria votar a redução da maioridade penal. E aí a colocação: “direitos humanos é para seres humanos e não para marginais”, afirma. “Quero ouvir naquela comissão gente ou pessoas que realmente precisam de nosso apoio e não bandidos”, diz no vídeo feito pela coluna Poder Online.

Outra prioridade do deputado, conhecido por suas colocações homofóbicas e conservadoras, foi a respeito da Comissão da Verdade, instaurada para investigar crimes do período da ditadura militar no Brasil.

“Vamos fazer uma subcomissão da Verdade porque aquela Comissão da Verdade é uma piada. Nós queremos a verdade do que aconteceu no período glorioso de 31 de março até o final do governo Figueiredo, que pouca gente sabe ou se esqueceu”, diz o deputado.

O PT tem a maior bancada da casa e, por isso, tem prioridade para escolher quais comissões presidirá. O partido já sinalizou que a Comissão de Direitos Humanos é uma das prioridades para esse ano. Bolsonaro, porém, faz pouco caso e ironiza a posição do PT que, segundo ele, deveria buscar comissões "mais importantes".