COMPORTAMENTO
04/02/2014 12:27 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

16 coisas que só mulheres com franja vão entender

Franja não é só um corte de cabelo, mas também um estilo de vida. Independente do modelo, ela sempre vai exigir uma manutenção obsessiva e um arsenal de beleza específico. Afinal, a gente sabe muito bem que elas crescem – e muito rápido. Decidimos então homenagear a determinação de algumas mulheres que decidiram adotá-la, mas também lamentar os dramas que só elas são capazes de enfrentar:

Quando a franja está boa, ela está boa.

Agora, quando ela está ruim, ela está MUITO ruim.

Ela nunca consegue ficar no lugar.

E, às vezes, fica até difícil de enxergar.

Dá até para esquecer que um dia você teve sobrancelhas.

Falou em verão? Ahhhh!

Você começa a achar que está a cara da Zooey Deschanel.

E que está sendo copiada por todo mundo que decide cortar franja depois de você.

O seu cabelo nunca mais acorda bonito. Todo dia é uma nova decepção.

Porque a sua franja parece ter vida própria.

Você precisa dar uma checada nela toda vez que alguém decide tirar uma foto sua. Haja espelho de bolsa.

(Por favor, nada de fotos. Meu cabelo está bagunçado)

E por algum motivo desconhecido, ela parece sempre agir de maneira totalmente independente do resto do cabelo.

O xampu a seco virou seu melhor amigo.

O tamanho da sua testa começa a te deixar cada vez mais assustada. (Será que cresceu?)

E nada é mais desesperador do que uma chuva repentina.

(Respire fundo, garota)

TO-DA semana você pensa em desistir dela.

(Ai meu Deus, eu odeio a minha franja)

Mas, no final do dia, você sempre se pergunta: “Quem se importa? Eu nem consigo vê-la mesmo.”