NOTÍCIAS
03/02/2014 11:38 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Como o botão "soneca" afeta o sono

Thinkstock

2012-07-16-eh_logo.jpg

Por Robert Rosenberg (DO)

Os meus pacientes sempre me perguntam se faz bem ficar apertando o botão “soneca” para conseguir aqueles cochilos extras. Eles querem saber se é beneficente ou prejudicial. Minha resposta é: pergunte-se por que você precisa fazer isto, e será que isto realmente te faz sentir melhor? Na realidade, nem só é um sinal de sono inadequado ou de má qualidade, mas também pode fazer o seu funcionamento durante o dia ficar até mais difícil.

Em muitos casos, você pode estar sofrendo do que chamamos de cansaço de fuso horário social. Você dorme por muito mais tempo nos fins de semana mas nos dias de semana, com a pressão de um trabalho ou da família, você não pode. Apertar o botão “soneca” é um esforço inútil para obter o sono que você realmente precisa. Quando você aperta adia o despertador, você está abalando a sua fase atual de sono.

Infelizmente, de várias formas, sono fragmentado é pior do que ficar sem dormir. Por exemplo, se você está no sono REM e você o interrompe com a “soneca”, isto pode lidar a uma inabilidade de processar e conciliar memórias emocionalmente carregadas do dia anterior. Para acrescentar, sono fragmentado pode resultar em mal humor, problemas cognitivos e dificuldade em prestar atenção.

O que podemos fazer para evitar isto? Primeiro, temos que nos dar conta de que, em muitos casos, o nosso corpo nos diz que não estamos dormindo o suficiente. Tente ir para a cama meia hora mais cedo. Desligue todos os aparelhos de luz azul pelo menos uma hora antes de se deitar. A luz azul atrasa a produção de melatonina, que resulta em quantidades prolongadas de hormônios do sono na sua corrente sanguínea ao acordar. Ainda se pergunta porque não consegue acordar?

Nossas soluções incluem colocar o despertador em um lugar onde você não consegue alcançar; usar despertadores que funcionam emitindo luzes crescentes enquanto a hora de acordar se aproxima; programar o “timer” da cafeteira elétrica para ligar dez minutos antes da hora de acordar e deixá-la perto o suficiente para você poder sentir o cheiro. Até conseguir um aparelho que possa automaticamente aumentar a temperatura do seu quarto uma hora antes da hora de levantar ajuda, já que o aumento da temperatura do corpo é outro sinal para levantar.

O ponto final é que se você procura cronicamente a necessidade de apertar o botão “soneca”, algo está provavelmente errado. Você pode estar fora de sintonia do seu relógio circadiano interno. Você pode ser uma coruja noturna tentando manter o horário de trabalho de uma pessoa matinal. Você pode ser alguém que não está conseguindo queimar a vela pelas duas pontas. Ou, em alternativa, você pode ter um distúrbio de sono que te prejudica e não te deixa dormir bem. Apertar o botão “soneca” é um substituto fraco para um sono saudável.