COMPORTAMENTO
03/02/2014 13:10 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Carta de garotinha a LEGO: quero que as bonecas também se divirtam!

Sociological Images

Dê um estímulo à uma criança e veja a magia acontecer. O conceito é simples, até crianças entendem. Enquanto meninas ganham panelas e ferros de passar roupa de presente, os garotos ganham jogos que estimulam o raciocínio.

Recentemente, Charlotte, uma garotinha de sete anos indignada com os estereótipos heteronormativos, escreveu uma carta à LEGO reclamando sobre a falta de "garotas LEGO" na loja perto de sua casa. Ela percebeu que as bonecas LEGO só iam à praia e a lojas, enquanto os bonecos tinham empregos e salvavam pessoas. A mãe de Charlotte enviou uma cópia da carta ao site Sociological Images ("Imagens Sociológicas" em inglês), que divulgou a foto no Twitter na semana passada. Dê uma olhada na lição de Charlotte à LEGO:

Cara companhia LEGO,

Meu nome é Charlotte. Eu tenho sete anos de idade e eu amo legos, mas eu não gosto do fato de que há mais pessoas lego garotos e quase nenhuma lego garota. Hoje eu fui a uma loja e vi legos em duas seções, as garotas rosa e os garotos azul. Tudo que as garotas faziam era ficar e casa, ir à praia e fazer compras, e elas não tinham empregos, mas os garotos partiam para aventuras, trabalhavam, salvavam pessoas e tinham empregos, até nadavam com tubarões. Eu quero que você faça mais garotas lego e as deixe partir em aventuras e se divertir, ok!?!

Obrigada,

Charlotte