NOTÍCIAS
31/01/2014 23:07 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Após passar por duas cirurgias, esquiadora Lais Souza segue em estado crítico

Vladimir Rys via Getty Images
BEIJING - AUGUST 10: Lais Souza of Brazil walks off of the floor after competing the qualification round for the women's artistic gymnastics event held at the National Indoor Stadium during Day 2 of the 2008 Summer Olympic Games on August 10, 2008 in Beijing, China. (Photo by Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images)

A ex-ginasta e esquiadora brasileira Lais Souza foi submetida a mais duas cirurgias na tarde desta quinta-feira, no Hospital Universitário de Utah, em Salt Lake City, nos Estados Unidos. A atleta brasileira passou por uma traqueostomia, intervenção no pescoço que estabelece um orifício artificial na traquéia, abaixo da laringe para auxiliar na respiração por meio de aparelhos, e também por uma gastrostomia, que consiste na colocação de um tubo que permita levar a alimentação diretamente ao estômago. Os dois procedimentos foram feitos para evitar possíveis infecções.

Segundo a equipe médica, Lais segue consciente, mas só consegue se comunicar por meio do movimento dos olhos. Ela segue em estado crítico e depende totalmente de aparelhos para manter seu pulmão funcionando. Os especialistas que acompanham a atleta afirmam que ela corre risco de morte enquanto não puder respirar sozinha, e a retirada dos aparelhos depende de sua recuperação. A possibilidade da atleta ter que respirar artificialmente pelo resto da vida existe.

O trauma severo que a esquiadora sofreu provocou um deslocamento completo da terceira vértebra da coluna – que atua no controle de respiração – e que só foi realinhada com cirurgia. Ela segue sob os cuidados da neurologista Holly Ledyard, o neurocirurgião Andrew Dailey e o especialista Antônio Marttos Júnior, médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

O acidente

Lais, que havia garantido uma vaga para os Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia, esquiava livremente em uma pista em Park City com o técnico canadense Ryan Snow, quando se chocou com uma árvore. A atleta, que usava capacete, foi atendida prontamente e removida para o Hospital da Universidade de Utah, onde permanece internada. Lais compete pelo esqui freestyle, na categoria aerials.