NOTÍCIAS
30/01/2014 13:00 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Passagem a R$ 3 no Rio: cariocas protestam contra aumento

Reprodução/Facebook

Os protestos de 2013 derrubaram os 20 centavos de aumento na passagem de São Paulo e do Rio de Janeiro. Neste início de ano, o reajuste no transporte público da capital fluminense já está garantido. A Prefeitura do Rio publicou no Diário Oficial o decreto que aumenta a tarifa de ônibus de R$ 2,75 para R$ 3. São 25 centavos que já revoltam os passageiros da cidade.

Apreensivo com os protestos iminentes, o prefeito Eduardo Paes se antecipou à rejeição da medida e ampliou benefícios do passageiro na edição do decreto. Ele instituiu o passe livre universitário e estendeu gratuidade para alunos de ensino fundamental e médio da rede pública.

Segundo nota da Prefeitura do Rio, alunos aprovados por cotas ou Prouni, que antes pagavam meia passagem, poderão agora andar de ônibus de graça. Estudantes com renda familiar de até um salário mínimo por pessoa também terão direito ao transporte gratuito.

Mas nem assim as críticas diminuíram...

O aumento passará a valer dia 8 de fevereiro. Para antes, o Anonymous Brasil prepara uma grande manifestação contra o reajuste, nos moldes dos protestos de junho passado. Cerca de sete mil pessoas já confirmaram presença no evento convocado pelo Facebook para o dia 6 na Candelária, no centro do Rio.

"Como pode aumentar as tarifas de um transporte público de péssima qualidade, que não apresentou nenhuma melhoria mesmo após as manifestações que tomaram conta da cidade ao longo desse ano?", escreveram os organizadores da manifestação que, segundo eles, será pacífica.

Ar-condicionado

Os cariocas questionam, via Twitter, outra medida publicada no Diário Oficial desta quinta-feira: a obrigatoriedade de instalação de ar-condicionado em toda a frota municipal até dezembro de 2016. Muitos especulam que esse é o motivo do aumento...