NOTÍCIAS
30/01/2014 12:44 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

ASSISTA: Canção é eliminada do Oscar

Vincenzo Lombardo via Getty Images

A música Alone Yet Not Alone, tema do filme que leva o mesmo título e indicada na categoria de melhor canção original do Oscar, foi desqualificada pela Academia de Artes e Ciências de Hollywood e não vai concorrer na cerimônia que será exibida no dia 2 de março.

Em um comunicado divulgado na quarta-feira, a Academia explica que um dos compositores da canção, Bruce Broughton, que fez parte da alta cúpula do comitê entre 2003 e 2012, infringiu as regras de divulgação ao enviar cerca de 240 e-mails para outros membros ativos avisando que ele era um dos indicados. Segundo a Academia, cabe a ela assegurar que cada indicado concorra de maneira “ética e justa”, e qualquer campanha que infrinja esta regra leva o indicado a se tornar inelegível.

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, o músico disse estar “devastado” com a notícia. “Fui prejudicado pela competição das outras canções que tiveram meses de promoção e campanhas por trás delas. O que eu fiz foi simplesmente pedir para que as pessoas ouvissem a música para considerá-la”, conta.

Como os vencedores da cerimônia são escolhidos por membros votantes da Academia, pessoas que já se envolveram com cinema e foram convidadas a fazer parte do grupo, algumas regras foram criadas para limitar a influência de campanhas promocionais direcionadas a eles. São proibidos, por exemplo, presentes e o uso maciço de ações de marketing. Em sessões de filmes que são candidatos ao prêmio, é proibido montar bufês e servir coquetéis. E os convites enviados a este grupo devem trazer apenas informações básicas sobre o filme, sem críticas elogiosas ou menções a outros prêmios anexos.

“Não importa se a comunicação feita por ele foi bem intencionada, usar sua posição como ex-membro para promover um indicado ao Oscar cria a ideia de uma vantagem injusta”, disse a atual presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs.

Indicados – Em casos como este, que são raros na história da premiação, a Academia possui o direito de eleger um novo competidor ou deixar a categoria com um indicado a menos, que foi a opção escolhida. Sendo assim, restaram apenas quatro competidores, são eles: Let it Go, do filme Frozen - Uma Aventura Congelante; Ordinary Love, de Mandela: Long Walk to Freedom; Happy, de Meu Malvado Favorito 2; e The Moon Song, do longa Ela.

A decisão de não substituir a música deixou alguns produtores de Hollywood incomodados, já que outras boas opções ficaram de fora da categoria, como Sweeter Than Fiction, da cantora Taylor Swift que foi tema do filme One Chance, e Please Mr. Kennedy, interpretado por Justin Timberlake na produção Inside Llewyn Davis - Balada de Um Homem Comum, ambas concorrentes na mesma categoria no Globo de Ouro