NOTÍCIAS
30/01/2014 07:59 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

8 cenas perturbadoras dos filmes de Lars Von Trier (+18)

reprodução

Teve muita gente incomodada com as cenas de sexo em Ninfomaníaca, mais novo filme do diretor Lars Von Trier. Entretanto, o que os espectadores parecem não recordar é que um dos prazeres do cineasta está justamente em criar cenas bastante perturbadoras.

Com o propósito de ir além das “ousadas” cenas de sexo da recente película, nada melhor do que relembrar os oito momentos mais chocantes de toda a trajetória do dinamarquês.

Os tópicos a seguir foram organizados em níveis de tensão, passando por leve, mediano e forte.

AVISO: contém spoilers dos filmes.

AVISO 2: contém imagens FORTÍSSIMAS.


1. A cena de sexo em Os Idiotas [LEVE]

os idiotas

Um grupo de jovens resolve se livrar das amarras sociais para viver como pessoas com problemas mentais. Essa é a premissa de Os Idiotas, filme de 1998 que traz como cena mais perturbadora uma orgia entre as personagens da obra.

Gemidos, urros, nu frontal e penetração desengonçada, tudo isso contribui para o cenário desconfortável proposto pelo cineasta.

2. O enforcamento em Dançando no Escuro [MEDIANO]

dançando no escuro

Depois de ter sido condenada por assassinato, Selma Jezková, personagem interpretada por Björk, é encaminhada para a forca. A cena final da película, com a personagem arrastada pelo corredor da morte e posteriormente enforcada, é simplesmente angustiante.

O baque seco da corda e os pés balançando chocam mais do que qualquer cena grotesca do diretor.

3. O estupro coletivo em Dogville [MEDIANO]

dogville

Depois de ter sido presa, acorrentada a grilhões, transformada em um animal e condenada a trabalhar para a pequena comunidade de Dogville, Grace (Nicole Kidman) se transforma em um brinquedo sexual para os homens da cidade.

O estupro coletivo e diário não é um prazer apenas dos “vilões” da película, mas do próprio Tom (Paul Bettany), par romântico da personagem.

4. O sexo no banheiro e a queda na janela [LEVE]

o anticristo

Em O Anticristo, no meio da cena de sexo entre os personagens de Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg - com direito a closes nas partes íntimas da dupla -, o filho do casal cai de uma janela em câmera lenta.

O típico caso de um registro que seria poético se não fosse extremamente trágico.

5. O pênis esmagado [FORTE]

o anticristo

Como se não bastassem as incontáveis cenas de sexo explícito e masturbação no decorrer da obra, um dos momentos mais agressivos em O Anticristo fica por conta do surto de Charlotte Gainsbourg - no papel de “Ela”.

Perturbada, a personagem simplesmente esmaga o membro do esposo, que desmaia na mesma hora e fica à mercê de outros experimentos sanguinários da esposa.

6. O orgasmo de sangue [FORTE]

o anticristo

Após ter o pênis esmagado e ainda inconsciente, Willem Dafoe começa a ser masturbado freneticamente pela esposa (Gainsbourg). O resultado está em um perturbador “orgasmo de sangue”, que de prazeroso não parece ter nada.

7. A perna perfurada [FORTE]

o anticristo

Para evitar que o marido escape, a personagem de Charlotte Gainsbourg resolve perfurar uma das pernas do esposo com uma furadeira manual. Ela ainda atravessa uma barra de ferro na perna do personagem, prendendo uma roda "parafusada" em uma das extremidades da barra.

8. O clitóris mutilado [FORTÍSSIMO]

o anticristo

Depois do banho de sangue, do pênis esmagado e da perna perfurada, Lars Von Trier resolveu “presentear” o público de O Anticristo com mais uma dose de crueldade.

Enlouquecida com a morte do filho e perturbada com a série de torturas aplicadas no próprio esposo, Ela (Charlotte Gainsbourg) resolve cortar o próprio clitórios. São poucos segundos, tempo mais do que o suficiente para fazer o espectador respirar fundo e se contorcer de dor na frente da tela.

Agora fique com este gif fofinho para se acalmar:

Ninfomaníaca Volume 2 deve estrear no Brasil em março.