NOTÍCIAS
29/01/2014 08:53 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Nos rolezinhos, jovens têm regras para sedução

Amanda Previdelli/Brasil Post

Jovens que frequentam os chamados “rolezinhos” em shoppings centers defendem que essa é uma oportunidade de se conhecer, fazer novas amizades e – por que não? – formar alguns novos casais, ainda que só por uma tarde. E é bem isso mesmo, segundo o que a reportagem do Brasil Post avistou em alguns desses eventos e ouviu conversando com meninos e meninas frequentadores dos rolês.

A Folha de S. Paulo fez uma ilustração demonstrando o que seria o "uniforme" dos rolês. E o mais curioso é que os jovens realmente têm um estilo parecido de se vestir. Meninas de shorts curtos e camisas justas, meninos de bonés Oakley, bermuda e óculos escuros. Mas não só isso, ainda há um modo de “seduzir” as garotas, segundo garantiram alguns rolezeiros.

Antes dos rolezinhos, já acontece toda uma azaração via Facebook. Os meninos postam fotos, status e as meninas curtem e comentam. Algumas mandam presentes para os ídolos. Uma vez no shopping, porém, elas ficam mais tímidas e aguardam, em grupo, a abordagem de algum dos almejados alvos.

Segundo os meninos, há quatro regras básicas:

  1. Tem que ser romântico
  2. Tem que ser carinhoso
  3. Tem que ser fofo com elas
  4. Tem que ter a pegada

LEIA MAIS:'Rolezinho pode, mas não aqui', diz associação de shoppings

As três primeiras regras, admitimos, parecem redundantes. Mas os moços juram que é assim que tem de ser. Para ilustrar, pedimos ajuda para simular uma conversa-flerte e ela ficou mais ou menos assim:

Ele: oi, tudo bem?

Ela: tudo e com você?

Ele: ah, também. Qual é o seu nome?

Ela: Fulana.

Ele: nossa, que nome bonito. O meu é Fulano.

...

Ele: mas, e aí? Namora?

Ela: não.

Ele: nem eu, mas uma menina assim linda que nem você e solteira?

Ela: nenhum homem presta.

Ele: tem homem que não presta e homem que presta. Tipo eu presto.

E aí o garoto parte pro xeque:

Ele: tipo, eu se eu namorar, eu fico com ela, minha namorada. Não saio para o baile, não saio em festa. Eu saio só se ela for comigo. Eu que sou MC faço show direto sexta. Se eu tiver namorando, ela vai comigo. Se ela não puder, eu faço o show e vou para a casa dela.

Não dá para chegar beijando, segundo os especialistas, mas, se já sentir um clima, para “quebrar a conversa”, eles indicam um truque infalível:

Ele: nossa, deixa eu te falar: se eu pedir um beijo para você, seria muito?

Xeque-mate.