VIRAL

13 quadros do "Domingo Legal" que mudaram a TV Brasileira

29/01/2014 10:12 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02
SBT

Hoje, ligar a TV no domingo à tarde se revela como a garantia de programas redundantes e marcados pelo "bom-mocismo". Entretanto, na década de 1990, peitos, bundas e até mesmo genitálias surgiam com destaque e sem qualquer pudor na telinha.

Parte da eterna batalha pela audiência, Gugu Liberato e a equipe do Domingo Legal abasteceram a televisão brasileira com alguns dos quadros mais significativos de todos os tempos. Clássicos como a Banheira do Gugu, Sentindo na Pele ou o Taxi do Gugu, quadros que foram compilados em 13 momentos do dominical que mudaram definitivamente a TV brasileira:


1. Taxi do Gugu

Seguindo a escola Silvio Santos de fazer pegadinhas, Gugu circulava pela cidade de São Paulo “fantasiado” de taxista. O objetivo? Atormentar os pobres passageiros que, sem saber que estava sendo filmado, se deparavam com criaturas sobrenaturais, seres bizarros, mulheres gostosas e as mais distintas adversidades.

Quem não se lembra do clássico episódio do menino que precisava levar um bolo ou quando a Turma do Chaves participou do programa?


2. Gugu na Minha Casa

Gugu: “Eu estou procurando…” (suspense)

Dona Maria: “Ai, Gugu...” (com as mãos no rosto)

Gugu: “Uma chave de fenda!

CORRE DONA MARIA, SOBE A ESCADA DO SOBRADO, BATE NA FILHA QUE ESTÁ SAINDO DO QUARTO, CHUTA O CACHORRO QUE ESTÁ NO MEIO DO CORREDOR, DERRUBA O ARMÁRIO DAS FERRAMENTAS, ABRE DESESPERADA UMA DAS GAVETAS E ACHA A CHAVE DE FENDA.

Gugu: "GANHOOOOOOOOOOOOU” (balançando um sininho)

Dona Maria: "EEEEEEEEEEEEHHHHH"


3. Sentindo na Pele

Sofrimento aumenta a audiência, audiência depende de sofrimento. A partir do momento que Gugu entendeu isso, não foram poucos os quadros que transformaram o sofrimento - principalmente o alheio - em conteúdo para o programa.

Um dos quadros mais marcantes e que utilizaram da dor como “ferramenta” era o Sentindo na Pele. Um especial em que o apresentador ou mesmo outras celebridades disfarçados de pessoas “comuns”, viviam os dramas da vida real.


4. Prova do Tato

Vendados, os convidados do programa eram obrigados a descobrir que estranhos objetos passavam por suas mãos e pés. Sem saber exatamente o que estava por vir, nunca antes coisas como vagens, algodão doce ou simples salgadinhos pareceram tão assustadores.


5. Banheira do Gugu

Polêmico, o quadro Banheira do Gugu talvez seja o símbolo máximo da TV brasileira nos anos 1990. As regras eram bastante simples: 1) um casal entrava na banheira 2) sabonetes eram espalhados dentro dela 3) vencia quem retirava mais sabonetes da banheira, primeiro as mulheres, depois os homens.

O problema foi quando as roupas de banho dos participantes começaram a ficar cada vez mais curtas e misteriosamente “desapareciam” dentro da banheira. No fim das contas, ver peitinhos e genitálias parecia muito mais interessante do que saber quem venceu a competição.

De quebra você ainda levava a melhor música da história dos programas de TV: “BUMBA BUMBA BUMBA Ê / BUMBA BUMBA BUMBAÊ”.


6. A princesa e o Plebeu

Imagine abrir a porta da sua casa e dar de cara com Netinho de Paula? No começo dos anos 2000 isso só poderia significar uma coisa: você foi selecionada para o quadro A Princesa e o Plebeu.

Limusine, champanhe e uma verdadeira transformação estética aguardavam pela jovem princesa, tudo, obviamente, captado pelas lentes do Domingo Legal.


7. De volta pra minha terra

Se existe algo que Gugu dominava como poucos, era a arte de emocionar o telespectador. Melhor exemplo disso está no quadro De Volta Para Minha Terra, em que a equipe do Domingo Legal transportava famílias inteiras de retirantes de volta para a cidade de origem. Não tinha jeito: ou você chorava com a situação das pessoas, ou você chorava quando elas voltavam para casa.


8. Prova do Bicho

Um dos quadros mais marcantes da competição Eles & Elas, a Prova do Bicho consistia em descobrir qual animal se encontrava do outro lado da parede, porém, usando apenas com o tato. À mercê do assistente de palco Liminha, os convidados tiveram que alisar cobras ou mesmo apalpar aranhas. Até simples coelhinhos pareciam criaturas assustadoras.


9. Teste do Batimento Cardíaco

Ahhhh o entretenimento dos anos 1990. Em um dos quadros mais "polêmicos" da competição Eles & Elas, modelos tentavam "seduzir" os convidados em uma nada ponderada dança erótica. Para pontuar, o convidado precisava manter o batimento cardíaco controlado. Já os espectadores...


10. Prova da Piscina

Trocar de roupa quando se está com pressa, não é uma das tarefas mais fáceis que existem. Agora, trocar de roupa dentro de uma piscina, com o tempo rolando em um cronômetro, isso valia pontos. Para a prova da piscina, um casal de modelos precisava trocar de roupa no menor tempo possível, atividade que muitas vezes deixava mais do que camisas e calças boiando na tela da TV.


11. Prova da Bexiga

Parte da competição Eles & Elas, casais eram obrigados a estourar bexigas - um no colo do outro - para acumular pontos e vencer a competição. Por mais erótico que isso possa parecer hoje, na época a “brincadeira” foi encarada com a maior naturalidade. Aposto que quando criança você tentou repetir isso com seus amigos.


12. Paraquedas Premiados

Todos os domingos o helicóptero do Gugu sobrevoava a cidade de São Paulo com dois objetivos bem específicos. O primeiro, a cobertura “jornalística” sobre os principais acontecimentos da capital paulista. O segundo, e mais importante deles: o Paraquedas Premiado. Durante todo o programa, milhares de pessoas passavam a tarde olhando para o céu na expectativa de capturar o presente flutuante.


13.Prova da Lama

Parte do duelo entre homens e mulheres que acontecia em todo programa, a prova da lama consistia em um time de modelos, embarrados até o pescoço e que deveriam ser limpos pelos convidados. Munidos de uma mangueira e uma esponja, os adversários precisavam eliminar toda a craca - inclusive nas partes íntimas dos modelos.


BÔNUS: Gretchen e a ereção de Jean Claude Van Damme

Já pensou ligar a TV no domingo à tarde e ver Gretchen, a “rainha do rebolado”, fazendo um sanduíche de remelexo entre Gugu e Jean Claude Van Damme. O resultado não poderia ser outro se não uma constrangedora ereção em rede nacional.