NOTÍCIAS
28/01/2014 12:39 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Queda de passarela para trânsito no Rio de Janeiro

ESTADÃO CONTEÚDO

A passarela que despencou na Linha Amarela, na zona norte do Rio de Janeiro, parou o trânsito na capital carioca. As duas pistas da via, na altura de Pilares, foram interditadas para o resgate das vítimas.

O bloqueio provoca congestionamento ao longo de toda a extensão da Linha Amarela. A prefeitura do Rio implantou um plano emergencial para orientar os motoristas nas ruas próximas. O Centro de Operações Rio instrui os condutores da Avenida Brasil a pegar o túnel Rebouças.

O tráfego na via só será liberado depois que o resgate for concluído e a passarela, removida. "É uma necessidade que a Linha Amarela seja liberada hoje [nesta terça-feira], ainda mais por causa do movimento de fim de tarde", disse depois das 12h o chefe-executivo do Centro de Operações, Pedro Junqueira, em entrevista à Globo News.

De acordo com boletim recente do Centro de Operações do Rio, há problemas no trânsito nos seguintes pontos:

- na Rua João Ribeiro, de Tomás Coelho até Pilares;

- avenida Dom Hélder Câmara: de Piedade até Maria da Graça, sentido centro, e no sentido Cascadura, de Maria da Graça até Del Castilho;

- avenida Pastor Martin Luther King Jr, sentido Linha Amarela, a partir de Inhaúma;

A LAMSA, concessionária responsável pela Linha Amarela, informa que está prestando atendimento às vítimas do acidente e aos usuários da Linha Amarela.

Segundo informam as fontes oficiais, às 12h15, quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas.