NOTÍCIAS
27/01/2014 19:19 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Eduardo Campos e Marina Silva anunciam plano de governo no início de fevereiro

AE

A dupla Eduardo Campos e Marina Silva vai anunciar em Brasília, na próxima semana, o programa de governo do PSB-Rede mirando as eleições presidenciais. A bandeira de desenvolvimento sustentável deve pautar as prioridades dos dois partidos para administrar o País, que deverão ser divulgadas em 4 de fevereiro. Agora, a expectativa dos correligionários de Marina e de Eduardo é sobre a data de anúncio do cabeça de chapa.

Quando Marina Silva comunicou, em 5 de outubro, sua filiação ao PSB do pré-candidato Eduardo Campos, ficou a dúvida sobre quem seria o número 1 da aliança. Por um lado, a ex-ministra é um nome muito mais conhecido, especialmente desde que conseguiu quase 20% dos votos nas eleições de 2010. Ela e o presidente do PSB, porém, evitaram cravar quem seria candidato a presidente e quem seria vice.

No início do ano, o Estado de S. Paulo publicou reportagem dizendo que até o fim de janeiro e meados de fevereiro a decisão de que Marina sairia como vice seria anunciada para compensar o veto dela ao apoio do PSB ao PSDB para o governo paulista. Até agora, nenhum anúncio oficial foi feito.

De acordo com o calendário eleitoral, os partidos têm até o começo de julho para requerer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o registro de candidatos a presidente e vice-presidente da República.

Enquanto isso, quem você acha que deve ser o candidato a presidente da República pelo PSB: o presidente do partido e governador de Pernambuco ou a ex-ministra que conseguiu 20% dos votos nas eleições passadas?