NOTÍCIAS
16/01/2014 14:51 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Presidentes infiéis: os affairs mais polêmicos dos últimos tempos

Um presidente deve satisfação sobre sua vida amorosa à população? Depende da temperatura da sua popularidade. Em muitos casos, como o do francês François Hollande, que teve um suposto caso extraconjugal escancarado na sexta-feira passada, a eficiência do presidente é colocada à prova. Confira os casos extraconjugais mais ferventes da história recente:

  • Bill Clinton passou por impeachment após caso com estagiária
    Reprodução
    O mais notório escândalo sexual contemporâneo levou ao impeachment, em 1998, do ex-presidente americano Bill Clinton, que posteriormente foi absolvido pelo Senado. Clinton teve um caso com a estagiária da Casa Branca Monica Lewinsky. Ele negou o caso, mas, depois da famosa mancha branca no vestido azul de Monica despontar como evidência, acabou admitindo.
  • François Hollande supostamente teria um caso com a atriz Julie Gayet
    Reprodução
    O efeito da revelação do caso do presidente francês com a atriz Julie Gayet ainda é desconhecido, mas provavelmente negativo, segundo especialistas. Em meio a uma crise econômica e dias antes do seu anúncio sobre as mudanças na linha econômica, os franceses podem interpretar que Hollande não está totalmente concentrado nos problemas do país, disse à BBC Brasil o cientista político Stéphane Montclaire, da Universidade Sorbonne. Somado a isso está a já desgastada imagem pública de Hollande, que tem o menor índice de popularidade desde o general Charles de Gaulle, com menos de 26%.
  • Enrique Peña Nieto, o galã de novela mexicana que tem duas amantes
    Reprodução
    O presidente mexicano com pinta de galã tem uma vida pessoal novelesca. Casado com uma das mais famosas atrizes de novela do México, Angélica Rivera, o muñecón (boneco), como é chamado pelos inimigos políticos, admitiu ter duas amantes em 2012. A fama de galanteador topetudo do México o levou a estrelar uma peça publicitária de um site de encontros com o slogan “Infiel com sua família. Fiel e comprometido com seu país”.
  • Ex-bispo, Fernando Lugo coleciona filhos secretos
    Reprodução
    Meses após a eleição do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo, em 2008, várias mulheres alegaram terem tido filhos secretos dele. Até agora, Lugo, ex-bispo da Igreja Católica, reconheceu dois desses filhos. Lugo também sofreu um processo de impeachment, porém não relacionado aos escândalos sexuais e sim por um golpe de estado do parlamento contra o ex-presidente.
  • Jacob Zuma, o poligâmico, tem três mulheres e 20 filhos
    Reprodução
    Zuma segue a tradição zulu, que defende a poligamia. Por isso, o presidente da África do Sul tem três mulheres, 20 filhos e coleciona ainda vários escândalos sexuais. Zuma também já foi acusado de estupro (e inocentado) e teve um filho com a filha de um amigo.
  • Itamar Franco não tinha uma calcinha para emprestar
    Reprodução
    Itamar Franco, então presidente do Brasil em 1994, foi flagrado no camarote de um desfile das escolas de samba no Rio de Janeiro ao lado da modelo Lilian Ramos, que não estava usando calcinha. O caso repercutiu e quase provocou a renúncia de Franco, que acabou se explicando. "Ninguém avisou. E, se avisasse, o que eu ia fazer? Emprestar uma calcinha? Eu não tinha", defendeu-se.